UP CLUB Records lança Fresh In The Block

Por Danuza Azevedo


A rotina da UP Club Records é bem agitada. A gravadora recebe por dia de 30 a 60 demos e o trabalho não é somente receber as músicas, mas também ouvi-las e dar um feedback exclusivo para cada artista. É com esse respeito e diferencial que label ganhou o mercado e no ano passado – ano de criação da gravadora – conquistou também o prêmio de melhor ‘New Label de 2015’, organizado pela Symphonic. Agora a UP Records esta lançando seu terceiro V/A (various artists), com 30 músicas de 41 artistas.


Gaba Kamer, manager da gravadora, conta que todas as músicas recebidas são ouvidas e as aprovadas já vão sendo incluídas em cronogramas. “Aí a gente vê se vai formar um EP ou encaixar em um V/A, tudo pensando sempre em preservar o trabalho e a originalidade de cada artista. Se a música não é aprovada, nós damos um retorno com dicas do que pode ser melhorado”, conta.


A gravadora lança novas tracks toda semana, o que requer muito trabalho, porque além de ouvir tudo, tem todo o processo do antes e depois do lançamento. “Tem o antes de tudo e o depois, desde o escutar as tracks, o processo de masters, agendamento, artes, contratos, publicações em redes sociais, previews, pagamento de royalties, e por aí vai, é muita coisa”, diz. Gaba ainda fala que a UP busca música de qualidade e um som original, por isso não se prende a gêneros e há espaço para todas as vertentes dentro da house music.


Os primeiros V/As da label além de lançar nomes consagrados, mostra também o potencial de artistas não tão conhecidos pelo público e esse novo com certeza não foge a regra. “As escolhas foram feitas através da nossa equipe, como a demanda é grande demoramos em média quatro meses pra formar um V/A, porque agendamos e alinhamos bem o melhor resultado a ser colhido”, conta.


Gaba ainda destaca que trabalhar com esses novos talentos é muito interessante, porque muitos possuem uma responsabilidade e um esforço maiores do que a média. “O novo artista tem uma resposta rápida e uma grande vontade, acredito que é a ansiedade do começo de carreira, mas que nesse caso ajuda e muito. É interessante, quando mesmo depois de consagrado, o DJ e produtor que mantenha  esse ritmo e esse profissionalismo”, aconselha.


O terceiro V/A da UP Club Records foi lançado mundialmente ontem, dia 21 de novembro pelo Beatport e Spotify e na sequência em mais de 20 lojas de vendas digitais.


UCR064 - Various Artists - Fresh In The Block Vol 3


 Albert Ferreira - So Good - House



  Electrify - Low Frequency - Future House



Fantasy Bass - Bassline Drop - Future House



Kenshin - The Game - Future House



TUZZA - Tonight - Future House



 Darrow, Vokker - Everyday - Future House



Breaking Beattz, Gioc - Slow Down- Tech House



Clubbers, Talking Dirty - Through The Lights - Future House



Audio Loops, Behind-U - Want U - Future House 



Black Soup, T.Secchi - Lose Control - Future House



E.R.N.E.S.T.O - Dipped - Tech House



Belong To Us - Hard Mode - Future House



Tom Gabreel, Mr. Justi - Girls Bombs- Deep house



Soldera & Poligamyk - Toy - Tech House 



Smokbit, Dubdisko - Thank you - Tech House



Pombeatz - No Reason - Nu Disco



2owl - Bacon Killer - House



Andre Queiroz, Vinicius Nape - Body Back - House



Jack Nova - Locked Doors (Original Mix) - House



D-Voker - Back Green Back - House



G DOM - Get Enough - Tech House



Low Disco - Gold Niggas - Future House



Matheus Lemex - Game Thing - Future House 



Mauricio Traglia, Soft Machine - Bass Drop - Tech house



Namatria - It`s bigger than - House



26 - Once Cube - Wolves - Electro House



Ramon Kreisler - The Right Time - future House



Rij & Yale - Asylum - Electro house



RQntz, T Pazos - Spinning - House



Botteon - DirtyBeat - Nu disco