O Rio agradece: Dixon na Rio Me neste sábado - 28/11/2017

Por Nazen Carneiro


Encabeçando uma nova geração do movimento eletrônico no Rio de Janeiro, a Rio Me está em seu quinto ano e madura para realizar um verdadeiro marco nesta história: Dixon, dia 02 de dezembro com um line up nacional a altura desta escolha.


Ele é um daqueles artistas atemporais, que não apenas fazem um bom trabalho, mas que permanecem a fazê-lo ao longo de muitos anos. O berlinês, eleito melhor DJ do mundo nos últimos três anos pelo Resident Advisor, não precisa de vários hits para que seja muito respeitado em diversos nichos da música. O criador do selo Innervisions tem uma obsessão em editar tudo pessoalmente, alterando as faixas até que elas se encaixem perfeitamente, inclusive, com a medida certa entre educar e entreter o seu público.


Além de Dixon, o line up como um todo é um verdadeiro presente ao público carioca e retrata uma camada expressiva do que tem sido feito de mais interessante no país. A residente Nana Torres dá o tom, assim como o duo inovador formado por Lennox Hortale e Pedro Poyart: o Mumbaata, que conquistou o Rock in Rio este ano.


De São Paulo vem L_cio, o instrumentista, DJ Produtor que é peça central da cultura eletrônica de São Paulo – e do Brasil –, com residência nos projetos urbanos MAMBA NEGRA e Carlos Capslock; e Zopelar, que integra o coletivo ODD, ao lado de Davis, e que acaba de lançar o selo In Their Feelings – algo que faz com que seus trabalhos tenham, sem dúvida, um grande impacto. Impacto, aliás, também tem Victor Ruiz que está, cada vez mais, presente em eventos dos grandes clubs e festivais brasileiros e internacionais.


Neste line up de mais de doze horas de duração contará também com District 21, formado por Pedro Campos e Vitor Paes, novidade da Feeling Agency. A festa acontece sábado, dia 2 de dezembro, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. Para ingressos e informações acesse o evento oficial do facebook.